Efluentes Industriais

aguaefluente

Atualmente, a qualidade física, química e microbiológica das águas superficiais é uma das grandes preocupações, pois ela vem sendo utilizada como suporte para o descarte dos resíduos gerados pelo homem.

O despejo de águas residuárias industriais em redes de esgoto ou em corpos hídricos receptores deve atender aos padrões de lançamento estipulados por normas e regulamentações, os quais estão cada vez mais restritivos. Contudo, as diferentes composições físicas, químicas e biológicas; a potencialidade de toxicidade; as variações de qualidade e de volumes gerados nos processos produtivos e os diversos pontos de geração de águas residuárias são indicativos preponderantes da necessidade de caracterizar, quantificar e tratar adequadamente os efluentes líquidos anteriormente à disposição final no meio ambiente (Nardi et al, 2005; Von Sperling, 1997).

Com a grande necessidade de preservar os mananciais de água do mundo, existe a preocupação e o monitoramento desses efluentes, devido a isto as análises em águas e efluentes industriais são de extrema importância para melhoria da qualidade de vida dos seres humanos (Maciel e Compagnoni,2003).

 

De um modo geral, as principais origens da poluição agroindustrial são:

  • Tecnologias utilizadas, muitas vezes envelhecidas e fortemente poluentes, sem tratamento adequado dos efluentes;
  • Inexistência de sistemas de tratamento adequado dos efluentes;
  • Localização das unidades em solos agrícolas, causando a sua contaminação e prejudicando as culturas;
  • Localização das unidades em zonas ecologicamente sensíveis, perturbando e prejudicando a fauna e a flora;
  • Realização das descargas de efluentes em águas subterrâneas ou superficiais, com risco de contaminação das águas de consumo; e,
  • Depósito indevido de resíduos causando poluição do solo e do meio hídrico.

 

Legislações:

  • Conama 430 de 13 de maio de 2011
  • Conama 396 de 3 de abril de 2008

 

Metodologias

  • Standard Methods for the Examination of Water and Wastewater. American Public Health Association (APHA), American Water Works Association (AWWA) e Water Environment Federation (WEF).

 


Ensaios Microbiológicos:

  • Coliformes Termotolerantes (fecais)
  • Enterococcus sp.
  • Escherichia coli

 

 

Ensaios Físico-químicos
Parâmetros inorgânicos - Análises realizadas através de espectrometria de emissão atômica por plasma acoplado indutivamente, como:

  • Arsênio;
  • Bário;
  • Boro;
  • Cádmio;
  • Chumbo;
  • Cobre dissolvido;
  • Cromo hexavalente;
  • Cromo trivalente;
  • Estanho;
  • Ferro dissolvido;
  • Manganês dissolvido;
  • Mercúrio;
  • Níquel;
  • Prata;
  • Selênio;
  • Zinco.


Parâmetros Orgânicos - Análises realizadas através de Cromatografia Gasosa, como:

  • Benzeno;
  • Clorofórmio;
  • Dicloroeteno;
  • Estireno;
  • Etilbenzeno;
  • fenóis totais;
  • Tetracloreto de carbono;
  • Tricloroeteno;
  • Tolueno;
  • Xileno.


Outros parâmetros:

  • DBO (Demanda bioquímica de oxigênio);
  • DQO (Demanda química de oxigênio);
  • Sólidos totais, dissolvido, suspensos e sedimentáveis;
  • Nitrogênio amoniacal;
  • Nitrato;
  • Nitrito;
  • Óleos e graxas;
  • pH;
  • Cianeto total ;
  • Cianeto livre;
  • Fluoreto;
  • Sulfeto;
  • Nitrogênio Total;
  • Fósforo Total.

 


Referências:

  • FARNEDA, F. Z.; LUTINSKI, J. A.; GARCIA, F. R. M. Monitoramento de efluentes em agroindústrias de chapecó, santa catarina, revista de ciências ambientais, canoas, v.1, n.2, p. 67 a 82, 2007.
  • MACIEL, J. C; COMPAGNONI, S. 2003. A Abordagem do Tema Água na Escola de Educação Básica Marechal Bormann. Dissertação (Ciências Biológicas); Universidade Comunitária Regional de Chapecó, Chapecó, 22 p.
  • NARDI, I. R. et al. 2005. Análise de séries temporais na operação de sistema de tratamento de águas residuárias de abatedouro de frango. Eng. Sanit. Ambient., 10(4): 339-346.

 


voltar